[Curso Presencial] Introdução a Computação Forense

Nome do curso: Introdução a Computação Forense (Presencial)
Modalidade de Oferta: Presencial
Número de vagas por turma: 30 (trinta)
Carga horária total: 60h (80h/a)
Frequência da oferta: Semestralmente, ou de acordo com as demandas do Campus.


Objetivos do curso:

O curso FIC em Introdução a Computação Forense, na modalidade presencial, tem como objetivo geral proporcionar aos egressos capacitação teórica e prática sobre conceitos, técnicas e ferramentas necessárias à realização de perícias em sistemas computacionais, dotando-os de conhecimentos complementares à formação tradicional em cursos de computação para atuação no mercado de trabalho na área de segurança da informação oferecendo suporte, dentre outros, ao poder judiciário na investigação e produção de laudos referentes a crimes eletrônicos, servindo, ainda, como base para cursos avançados complementares oferecidos pela instituição.


Público-alvo:

O curso FIC em Introdução a Computação Forense visa desenvolver competências e habilidades necessárias aos que desejam atuar na área de segurança da informação realizando perícias em sistemas computacionais tendo como público-alvo, portanto, todos os estudantes, profissionais e curiosos da área de computação que desejam conhecer e/ou ampliar seus conhecimentos nessa área do conhecimento.


Requisitos e formas de acesso:

Embora seja destinado a praticamente todos os interessados da área de computação, o curso FIC em Introdução a Computação Forense apresenta como requisito mínimo de escolaridade o ensino médio (completo ou em curso), além de ser recomendável – porém não imprescindível – o conhecimento intermediário em redes de computadores, segurança da informação e no sistema operacional Linux. O acesso ao curso deve ser realizado por meio de processo de seleção, conveniado ou aberto ao público.


Estrutura curricular do Curso:

1. Fundamentos de Computação Forense

1.1 Principais conceitos relacionados a Computação Forense
1.2 Aspectos legais
1.3 Mercado de trabalho e certificações na área
1.4 Procedimentos, técnicas e ferramentas

2. Perícia forense em mídias digitais
2.1 Coleta de evidências digitais
2.2 Duplicação pericial
2.3 Preservação de evidências (hash)
2.4 Extração e recuperação de arquivos
2.5 Análise de evidências digitais
2.6 Produção de laudos em computação forense (teoria)

3. Atividades Práticas de Fixação
3.1 Análise de imagens de sistemas comprometidos
3.2 Resposta a quesitos eprodução de laudos


Quer saber mais? Baixe o PPC (Projeto Político Pedagógico) deste curso clicando AQUI!


Professor Responsável: Ricardo Kléber (ricardo.galvao@ifrn.edu.br)